sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Sempre Coca-Cola?

Olá, tudo bem?

Essa semana tivemos o primeiro encontro do IV Clube de Ciência, Cultura e Arte, que agora acontece uma vez por mês.

Quer participar do próximo?
Deixe um comentário.

Bem, o tema principal da tarde foi a Coca-Cola, falamos um pouco da história, fizemos experiências, ouvimos músicas que têm Coca-Cola em suas letras e vimos alguns artistas que usaram a Coca-Cola em suas obras.
Foi bem divertido!

Vamos deixar aqui um pedacinho do nosso encontro para vocês

História da Coca-Cola

Em 1886, enquanto a Estátua da Liberdade é erguida em Nova Iorque, John Pemberton, um farmacêutico de Atlanta, cria uma bebida que se tornaria outro grande símbolo americano. Assim como outros inventos que entraram para a história, a criação de Pemberton é motivada pela curiosidade.

O farmacêutico, que adorava manipular fórmulas medicinais, ao pesquisar a cura para dores de cabeça faz uma mistura líquida de cor caramelo. Leva a mistura para uma farmácia, a Jacob’s Pharmacy, onde o xarope, misturado à água carbonatada (gasosa), é oferecido aos clientes, que consideram a bebida muito especial. A farmácia coloca o copo do produto à venda por US$ 0,05. Frank Robinson, contador de Pemberton, batiza a bebida de Coca-Cola, escrevendo o nome em sua própria caligrafia. Desde então, o nome Coca-Cola é escrito da mesma maneira.

A data oficial de nascimento da Coca-Cola fica sendo 8 de maio de 1886 - data em que foi lançada na Jacob’s Pharmacy. Nos primeiros anos são vendidos aproximadamente 9 copos (237 ml) de Coca-Cola por dia. Um século depois, a empresa The Coca-Cola Company já havia produzido mais de 38 bilhões de litros apenas do xarope. Infelizmente, Pemberton era mais um inventor do que homem de negócios. Sem ter idéia de que inventara um produto que viria a ser um sucesso mundial, em 1891, ele vende a empresa para Asa Griggs Candler, por aproximadamente US$ 2.300,00. Candler torna-se o primeiro presidente da companhia e o primeiro a dar real visibilidade ao negócio e à marca.

Experiência:

Fizemos uma experiência explicando ácidos e bases, para isso medimos o pH de algumas substâncias conhecidas, como: vinagre, coca-cola, sabão em pó, suco de limão, leite, entre outros.

Ácidos e bases:

Os ácidos e bases nos lembram produtos perigosos, corrosivos e fumegantes. No entanto nem sempre isto é verdade. A natureza construiu um mundo cheio deles, até mesmo o corpo humano se utiliza muito destas substâncias para se manter vivo e em bom funcionamento.

Os ácidos têm sabor azedo e as bases sabor adstringente (como o do sabão), no entanto nunca devemos colocar uma substância na boca a fim de descobrir sua função química. Em laboratório utilizam-se INDICADORES, que mudam de cor quando colocados junto a determinada substância.

Para saber se uma substância tem caráter ácido ou básico, os químicos desenvolveram uma escala que vai de 0 a 14.

Por meio desta escala (pH) podemos ver que toda substância ácida tem pH entre 0 e 7 e as básicas entre 7 e 14. O pH 7 é neutro, ou seja, nem ácido nem básico.


Para a experiência usamos o Papel Medidor de pH:



Pegamos uma tira do papel medidor de pH e colocamos dentro de um frasco contendo uma substância da qual queremos saber o pH, como no exemplo abaixo:


Depois de molharmos rapidamente o papel na substância verificamos o pH da seguinte forma:

comparando as cores da tira de papel com as cores contidas na embalagem do papel, como na foto:




Dessa forma, achamos a sequência de cores iguais entre a tira de papel e a caixinha da embalagem e descobrimos o valor do pH da substância.


...
Vamos encerrar o post com a música que abriu o nosso encontro:

Geração Coca-Cola

Legião Urbana

Composição: Renato Russo / Fê Lemos

Quando nascemos fomos programados
A receber o que vocês
Nos empurraram com os enlatados
Dos U.S.A., de nove as seis.

Desde pequenos nós comemos lixo
Comercial e industrial
Mas agora chegou nossa vez
Vamos cuspir de volta o lixo em cima de vocês
Somos os filhos da revolução

Somos burgueses sem religião
Somos o futuro da nação
Geração Coca-Cola

Depois de 20 anos na escola
Não é difícil aprender
Todas as manhas do seu jogo sujo
Não é assim que tem que ser

Vamos fazer nosso dever de casa
E aí então vocês vão ver
Suas crianças derrubando reis
Fazer comédia no cinema com as suas leis
Somos os filhos da revolução

Somos burgueses sem religião
Somos o futuro da nação
Geração Coca-Cola
Geração Coca-Cola
Geração Coca-Cola
Geração Coca-Cola

Depois de 20 anos na escola
Não é difícil aprender
Todas as manhas do seu jogo sujo
Não é assim que tem que ser

Vamos fazer nosso dever de casa
E aí então vocês vão ver
Suas crianças derrubando reis
Fazer comédia no cinema com as suas leis

Somos os filhos da revolução
Somos burgueses sem religião
Somos o futuro da nação
Geração Coca-cola
Geração Coca-cola
Geração Coca-cola
Geração Coca-cola







Fonte:
http://www.cocacolabrasil.com.br

http://www.cdcc.sc.usp.br/quimica/experimentos/acidos.html


Fotos:

http://virtus.webnode.com/products/papel-indicador-de-ph/


http://nairalves.blogspot.com/2007/11/definio-de-ph-representa-grandeza-fsico.html


http://demasiadollena.blogspot.com/2008/11/prctica-2-obtencin-de-sustancias.html

2 comentários:

Andréa disse...

Esse encontro foi muito legal!!
Senti falta dos participantes que costumam vir.
O que será que aconteceu?

Ana Paula disse...

Que pena que não posso participar, por causa da minha idade rs. Porém sei o quanto as crianças se divertem e aprendem brincando.

Postar um comentário